O isentão

1.414

Ah, que paineira é a paz com o meu poupar opinativo. As nuvens acordaram mais brancas para mim hoje.

Como é bom ser isento das funções do grupo de uma faculdade. Responder apenas com a cabeça é sempre útil, claro, mas só se for em sentido positivo, porque discordar de opiniões contraditórias ao meu pensar, é sempre um gatilho para o envolvimento de polêmicas. E eu não quero captar motivos para a derrubada do líder do grupo.

No serviço, é melhor ainda, meu chefe me ama. Todos os afazeres que ele me pede, eu atendo. Se os serviços são de uma dificuldade tremenda, a sobrecarga do carrinho que eu tenho que puxar é estratosférica, ah, isso não é problema para mim. Ai, de mim querer causar algum conflito na minha vida profissional. Que o café na mesa do chefe esteja sempre quente e as planilhas dos meus superiores, sempre atualizadas e organizadas. Sou o melhor profissional, talvez eu não suba de cargo, mas demitido eu sei que não vou.

No Facebook, vem a melhor parte. Vejo 1000 caindo à minha direita defendendo uma mudança política e 2000 à minha esquerda defendendo a Dilma. Mas, eu, não serei atingido. Aliás, acho que acabei de fazer uma analogia bíblica, mas não tenho certeza, sou agnóstico.

Mas, bem, continuando… No Facebook há quedas de braços por todos os momentos. Uns citam Olavo, outros Stalin. Sei de tudo sobre eles. Conheço a história dos dois. Uns dizem que o primeiro é astrólogo, o outro meu professor chama de Herói. Mas não sou de esquerda, Vai que o conserva do meu avô me desce a pancada. Não ter posição me salva de alguns vergões.

Vejo que o Brasil vive uma atmosfera de mudança. Há radicais querendo o Impeachment de uma guerreira que cometeu diversos delitos na época da ditadura para nos darmos a democracia. E por que eles querem isso? Sei lá, eles falam coisas como PIB, IDH, CPMF, INSS. E eu lá entendo gírias? Falam também dos homicídios que chegam há 60 mil anualmente. Mas não acredito nesses dados — também não desacredito. Só acho que o desemprego recordista não é causa de Impeachment, ou golpe, sei lá.

O Ex-Presidente Lula melhorou muito o país, não sou petista, mas isso é inegável. Pegou o país do zero, graças à direita do FHC, (por isso que eu não sou de direita, o PSDB é de direita). Não que eu seja de esquerda, não sou petista. Mas prender o Lula? Todo mundo rouba na política, devem ser todos presos, mas não que eu seja anarquista. Uns falam de Foro de São Paulo, mas isso me parece conto de HQ.

Enfim, não sou de posições políticas. Não sou de esquerda, nem direita. Não quero mudanças ou revoltas. Quero apenas manter a minha vida. Tenho um emprego e isso já preenche o vazio da minha vida. E se alguma mudança acontecer, o dólar abaixar, sei lá, eu ficarei feliz. Mas não ergo minhas mãos para mudar nada, vai que eu esteja errado…

Também não quero o país do jeito que está, acho que algo deve ser feito. Mas não sei, talvez, piore. Aliás, como é o nome do vice que pode assumir? Dizem que ele é satânico…