O peso das opiniões & Negra “nem” Li

179

Foi no dia 26 de Novembo (2018), no programa ‘Morning Show’ da Jovem Pan, que pudemos ter contato mais uma vez com a mentalidade idiotizante dos que fomentam a Luta de Classes pelo país.

A protagonista da vez, “Negra Nem Li”, “nem sei”, “nunca ouvi”. Ou só Negra Li. A cantora de Rap, que teve seu auge na época do ‘Sabotage’, meados dos anos 2000 — esse que por sua vez, teve uma vida bem marcada no crime organizado, antes de morrer —, tentou fazer conexão entre o surgimento de Eminem e Elvis Presley versus cantores negros das duas épocas distintas. Com tom ideologizado, alertou que muitas vozes de cantores negros do cenário do Rock foram “tapadas” pelo fato de Elvis ser branco. Será que foi isso mesmo que aconteceu, ou de fato o cantor Elvis Presley tinha um talento fora do convencional?

Que tal lermos as opiniões dos mestres do Rock, negros, que viveram o período?

Little Richard:
“Elvis foi um integrador, Elvis foi uma bênção. Eles não deixavam a música negra aparecer, e ele abriu as portas para a música negra.”

Rufus Thomas:
“Muita gente disse que Elvis roubou nossa música. Roubou a música do homem negro. Mas o homem negro, o homem branco, não são donos da música. A música pertence ao universo.”

Jackie Wilson:
“Muita gente acusou Elvis de roubar a música dos negros, quando na verdade, quase todos os intérpretes negros copiaram os trejeitos de palco de Elvis.”

B.B. King:
“Lembro de ver Elvis bem jovem, nos estúdios da Sun Records. Naquela época eu já sabia que aquele menino tinha um grande talento. Ele era um menino dinâmico. A maneira como ele cantava, sua maneira de interpretar uma canção, era tão única quanto Sinatra. Eu era um grande fã e, se Elvis tivesse vivido mais, não haveria limites para sua inventividade.”

Al Green:
“Elvis influenciou todo mundo. Ele quebrou o gelo para todos nós.”

Bo Diddley:
“Se Elvis me copiou, não ligo. Força pra ele. Eu não estou passando fome.”

Sammy Davis Jr.:
“Numa escala de um a dez, eu lhe daria onze!”

James Brown:
“Eu amava Elvis e espero vê-lo no Céu. Nunca vai haver outro ‘soul brother’ como ele.”

Chuck Berry:
“Descrever Elvis? Ele foi o maior que já existiu, ou que existirá.”

Sigam meu Canal no YouTube: https://bit.ly/2JQyxgO