Após apelo de Dilma, UNASUL rejeita criticar impeachment

1.064

As informações são de Gerson Camarotti, no G1:

“Apesar da mobilização de países como Venezuela e Bolívia, a União das Nações Sul-Americanas (Unasul) não aprovou uma moção de repúdio ao processo de impeachment no Brasil.

Na reunião de ministros de Relações Exteriores que aconteceu neste sábado (23), em Quito, no Equador, houve resistência à proposta de países como a Colômbia, Peru, Chile, Argentina e Paraguai.

Na sexta (22), em Nova York, a presidente Dilma Rousseff chegou a sugerir em entrevista que a Unasul e o Mercosul avaliassem o processo de impeachment contra ela.”