Como escolher uma lâmpada LED?

Como escolher uma lâmpada LED?

53
Compartilhar
Faça Você Mesmo
Aplicações da Fita de LED

 

O que é um LED?

Não, não é chumbo em inglês …. nem um grande conjunto de Rock dos anos 70 …. rsrsrs ….

Por definição, LED é um diodo (chip) emissor de luz (LED = Light Emitting Diode), quando estimulado eletricamente.
Não tem nada a ver com o LASER – que é uma luz monocromática. O LED consiste numa banda espectral estreita.

Quando surgiu o LED?

Inventado por Nick Holonyac, em 1963 (já faz um tempinho, não?). No início, só era usado como “sinal”, em rádios, televisores e outros equipamentos eletrônicos.
Aos poucos, foram surgindo outras cores (nos anos 60 e 70).
Nos anos 80, obtiveram níveis maiores de intensidade luminosa, sendo aplicado em lâmpadas na indústria automotiva.
No final dos anos 90, surgiu um LED com potência para iluminação, e foi crescendo até os dias de hoje, permitindo a substituição das lâmpadas convencionais.

Quais as vantagens do uso do LED?

• Maior vida útil
• Custos reduzidos: apesar do custo inicial ser ainda maior do que as lâmpadas convencionais, no longo prazo torna-se mais econômico.
• Maior eficiência
• Baixa voltagem de operação: segurança para o operador
• Maior resistência: a impactos e vibrações
• Controle da cor: ajuste adequado da “temperatura” da cor.
• Acionamento instantâneo: não há o “delay” das lâmpadas fluorescentes.
• Cores vivas e saturadas: torna as cores mais vibrantes.
• Ecologicamente correto: não utiliza mercúrio.
• Ausência de emissão ultravioleta: como ocorre nas luzes fluorescentes
• Ausência de emissão infravermelha: feixe luminoso frio.
• Dimerização: permite controle de intensidade de 0 a 100%.
• Efeito “flash”: permite o acendimento e o apagamento rápidos, sem detrimento de sua vida útil.

Para ver o resto do artigo, clique  AQUI