10 coisas que você não sabia sobre Raúl Castro

10 coisas que você não sabia sobre Raúl Castro

Raúl é o sexto de nove filhos e seu irmão Fidel era cinco anos mais velho.

1245
Compartilhar
Fidel Castro e Raúl Castro

Compilado por US News & World Report: 10 coisas que você não sabia sobre Raúl Castro.

1. Raúl Modesto Castro Ruz nasceu em 3 de junho de 1931, em Birán, uma pequena vila ao leste da ilha de Cuba. Ele é o sexto de nove filhos de Angel Castro Argiz, um latifundiário de origem espanhola. A mãe de Raúl não era a esposa de Angel Castro; Ela era uma criada na casa da família dele. O irmão de Raúl, Fidel Castro, era cinco anos mais velho.

2. Raúl e Fidel foram mandados para uma escola em Santiago de Cuba, mas os irmãos foram expulsos por mau comportamento. Eles então foram para uma escola de jesuítas, a Belen Academy. Enquanto Fidel se tornou um bom estudante, Raúl continuou sendo um péssimo aluno. Depois de ir mal nas provas e nas aulas, ele logo deixou a escola e voltou para a propriedade da família. Mais tarde ele tomou algumas aulas de administração na Universidade de Havana, porém nunca se formou. Pela sua reputação, ele preferia jogar e beber que estudar.

3. Raúl envolveu-se com política depois de assistir a uma reunião de jovens socialistas em Viena em 1953. Fidel tornou-se um ativista estudantil já na Universidade de Havana. Os irmãos logo começaram a participar de violentos protestos contra o regime do ditador cubano Fulgencio Batista. Em 26 de julho de 1953, eles ajudaram a organizar um ataque ao quartel militar em Moncada. Os irmãos Castros foram capturados e passaram dois anos na prisão. Depois de libertados, eles foram para o México, onde continuaram planejando derrubar Batista. No México, Raúl conheceu o revolucionário argentino Che Guevara e apresentou-o a Fidel.

4. Raúl voltou a Cuba com os outros revolucionários em 1956. Anos de luta culminaram com a derrubada de Batista em 1959. Fidel Castro então assumiu o poder, afirmando que, se fosse morto, “atrás de mim vêm outros mais radicais do que eu”, referindo-se em parte a seu irmão.

5. Raúl atuou como um carrasco durante a revolução, assim como depois que seu irmão assumiu o poder. Ele era conhecido por sua crueldade e brutalidade. Anos mais tarde, sugeriu que seu apelido fosse “Raúl, o Terrível” por seu papel em centenas de assassinatos. Ele até executou um amigo próximo, o General Arnaldo Ochoa, por ordens de Fidel em 1989.

6. Quatro meses após a Revolução Cubana, Raúl casou-se com Vilma Espín Guillois. Que tinha um histórico muito diferente da maioria dos combatentes rebeldes: Ela era de uma família rica, formada em engenharia elétrica, e tinha estudado no MIT. Vilma assumiu muitos dos deveres cerimoniais de primeira-dama de Cuba, já que seu cunhado Fidel era divorciado. Foi também funcionária do Partido Comunista Cubano e fundadora da Federação das Mulheres Cubanas. Vilma e Raúl tiveram quatro filhos e oito netos. Ela morreu em junho de 2007 depois de passar anos muito doente.

7. Raúl foi declarado sucessor de seu irmão por 47 anos. Durante esse período, ele chefiou o exército cubano, tornando-se o ministro de defesa por mais tempo no cargo. Foi vice-presidente do Conselho de Estado e segundo secretário do Partido Comunista de Cuba. Em contraste com seu irmão, Raúl geralmente preferiu trabalhar nos bastidores. Em 1991, ele brincou com jornalistas cubanos que sua relativa obscuridade tinha levado a rumores de sua morte: “Eles estavam dizendo que eu estava sendo mantido na geladeira.”

8. Raúl Castro trabalhou em estreita colaboração com a União Soviética nas primeiras décadas de sua carreira. Sem o conhecimento de Fidel, Raúl fez o primeiro contato oficial de Cuba com essa nação em 1959. Ele também negociou com os soviéticos para colocar mísseis na ilha, o que levou a um conflito militar com os Estados Unidos e a invasão da Baía dos Porcos em 1961.

9. Cuba apoiou-se fortemente na União Soviética por apoio financeiro até que a União Soviética fosse desmantelada em 1991. Raúl conseguiu a transição de Cuba no distanciamento da assistência soviética, administrando cortes militares e colocando generais encarregados de funções-chave do governo como transporte e turismo. Ele foi conhecido por seu pragmatismo, colaboração e receptividade a algumas reformas econômicas. Raúl é considerado um admirador do modelo econômico chinês.

10. Em 2006, Raúl assumiu a liderança diária de Cuba após Fidel ser submetido a uma cirurgia abdominal. Alguns analistas sugeriram que Raúl Castro poderia estar mais aberto a trabalhar com o governo dos Estados Unidos do que seu irmão.

Fontes:
Christian Science Monitor
Dallas Morning News
Los Angeles Times
Miami Herald
New York Times
Orlando Sentinel
South Florida Sun-Sentinel
St. Petersburg Times
Washington Post

Artigo Original Publicado em:
10 Things You Didn’t Know About Raúl Castro (em inglês)
Por Jennifer L. O’Shea

Traduzido e Adaptado por Henrique Rossi para o Olhar Atual.

ViaUS News & World Report
Compartilhar
Fundador da HR Idiomas e co-fundador do Olhar Atual, possui formação em Desenvolvimento Web e MBA em Gestão de Sistemas; Entre seus interesses estão a etimologia, linguística, tecnologia, música, lexicologia, genealogia, política, economia, história e cultura.